Construir a casa dos seus sonhos não passa de um sonho para algumas pessoas, mas para este americano esse sonho tornou-se realidade.

Muitas pessoas sonham em ter uma casa própria. Mas enquanto muitos de nós têm que se contentar em arcar com um extenso financiamento para realizar esse sonho, Steve Areen conseguiu construir a sua própria casa dos sonhos com apenas 9. 000 dólares e em seis semanas construí-a. Veja o que ele a conseguiu fazer com essa quantia.

Foi assim que ele começou: apenas um círculo num terreno na Tailândia.

Steve comprou um pedaço de terra na plantação de manga do seu amigo e começou a construir.

Ele usou blocos de cimento para construir cúpulas impressionantes e depois limpou-as.

A base original custou-lhe apenas 6.000 dólares. Teria sido certamente mais caro se fosse nos Estados Unidos, seu país de origem.

Para terminar, Steve deu à sua casa uma pintura laranja, para combinar com o ambiente que a cerca.

A decoração do interior custou a ele 3.000 dólares, mas certamente valeu cada centavo.

Agora, vamos dar uma olhada no quarto. É realmente um sonho!

Aqui está a casa terminada, vista de fora. Durante as seis semanas de construção, Steve recebeu ajuda de dois amigos com experiência no ramo.

Tem até um terraço maravilhoso no topo de uma das cúpulas.

Steve construiu degraus na lateral da cúpula para conseguir chegar no terraço.

O design do interior da casa também é incrível. Aqui é onde pode lavar os copos depois de um drink após o trabalho.

Aqui está o spa de Steve. Ou simplesmente: o chuveiro.

Cada detalhe foi bem planeado. Até a pia te coloca no clima perfeito de férias.

Perto da sala, há um lago com plantas aquáticas

Quando o sol se põe, a casa se ilumina. Simplesmente maravilhosa.

 

É incrível o que se pode fazer com ideias criativas, um pouco de experiência e um orçamento bem controlado. Um projecto ousado, mas que valeu muito a pena. Bom trabalho, Steve!

Mais Dicas:

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.