Quem nunca quando esta dentro de um elevador, ” se o elevador cai?”. Se estivesses num elevador, a cair do 75º andar, o que devias tentar fazer para sobreviver? A questão pode até ser bastante relativa,  mas com certeza vais querer saber isso.

Antes de mais nada, cabe citar que todos os elevador têm um dispositivos de segurança, em especial os de tracção, que usam pesos para gerar equilíbrio e são usados em prédios com mais de seis andares. Entretanto, nos outros prédios, mais altos, que trabalham apenas com modelos hidráulicos, o impacto seria imensamente maior.

Elevator_tchmb8-600x369

O que compensa isso é a tecnologia superior e mais moderna. Mas, sem diferença, em ambos os casos, na verdade, a queda poderia chegar a uma velocidade de mais ou menos 90 km/h, o que espatifaria quase qualquer coisa dentro dele.

Apesar disso, uma mulher chamada Betty Lou Oliver entrou para o Guinness por sobreviver à queda que propomos na abertura da matéria, de uma altura de 75 andares. Betty sobreviveu porque usou o método que recomendamos: deitar no chão do elevador.

BettyLouOliverRecovering-600x380

Apesar da grande velocidade e do impacto com os órgãos internos, deitar distribui a força do impacto por uma área muito maior do que os pés ou joelhos, que com certeza quebrariam. Além disso, há ainda os pedaços de pedra e cabos que podem cair acima do elevador e esmagá-lo (e você junto, claro), mas, como no caso de Betty, melhor ficar com a melhor opção do que morrer, certo? Então, se o elevador cair, tente evitar o desespero e se lembre de deitar! Se der errado, pelo menos você morreu like a boss.

Mais Dicas:

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.