No final de um dia difícil, e especialmente depois do trabalho, muitos querem voltar para casa e relaxar no aconchego de sua casa.

E, para criar esse ambiente aconchegante, pode recorrer a um profissional ou fazer isso por conta própria, como sugere a jornalista especializada em decoração Deborah Needleman, do New York Times, autora do livro Domino: The Book of Decorating: A Room-By-Room Guide to Creating a Home That Makes You Happy.

Embora o livro não tenha versões em português, nos apresentamos um resumo com 9 dicas que o ajudarão a dar uma remodelação em casa.

1. Separe os móveis das paredes

Muitos cometem o erro de colocar móveis ao longo das paredes e ao redor da sala. Mova esses móveis grandes (sofás, poltronas) para o centro da divisão; isso apenas não criará as condições ideais para uma boa comunicação, como acomodará outras coisas, por exemplo, uma estante de livros, flores ou uma mesa com jogos. Além disso, é um excelente truque para ampliar o espaço.

2. Não tente fazer que todos os móveis combinem

A mobília não deve encaixar perfeitamente: a cadeira não precisa ser idêntica ao sofá, assim como a mesa pode ser diferente das cadeiras. Não tenha medo de experimentar, tente brincar com cores e texturas. A compatibilidade total de uma coisa com as outras revela uma falta de individualidade e de criatividade.

3. Rompa a simetria ideal nos interiores

Muitos objectos e móveis de interiores (poltronas, iluminação e mesas) ficam bem formando um ’casal’. Por exemplo, colocando duas cadeiras para que “olhem uma para a outra”. Isso trará uma sensação de harmonia e integridade ao ambiente. Mas é importante não se deixar levar pela simetria porque, se abusar dessa técnica, a sala pode se tornar ente-diante e fria. Para evitar isso, basta adicionar uma única cadeira de outro estilo ou forma na divisão.

4. Não tenha medo de mudar

As mudanças de lugar das coisas num apartamento geralmente ajudam a dar um aspecto completamente diferente aquilo que está acostumado. Sim, e para conseguir uma boa harmonia, uma mudança no ambiente é importante. Se pretende comprar móveis novos, antes de ir à loja, vale a pena fazer um plano para aqueles que já tem. Assim, será muito mais fácil saber exactamente o que quer e se é adequado para a casa ou não.

5. Diga sim ao minimalismo

As cadeiras delicadas, sofás ou poltronas com pernas finas podem deixar mais leve a composição de toda a decoração interior, que de outra forma pode parecer muito estática. A técnica também amplia o espaço do apartamento, deixando-o mais “arejado”.

6. Não subestime a importância da iluminação

Uma luz suave e adequada pode transformar qualquer divisão, dar-lhe um carácter pessoal e estilo. Distribua as luzes por todo o ambiente para que não haja cantos escuros, por exemplo. Use tudo ao seu alcance: candeeiros, arandelas, iluminação de prateleira, castiçais de mesa. As opções mais vantajosas são os candeeiros com tela, os aba-jures de mesa em forma de vaso ou aqueles fabricados por você mesmo, ou os artesanais.

Candeeiros são uma excelente opção para decorar uma mesa ou um canto de descanso para conseguir um relax completo numa sala de estar. Também pode ser o ponto de partida para decorar a sala. Coloque um par deles e procure outros elementos decorativos para combinar. De grande importância é também o foco da iluminação: tudo depende de suas próprias preferências, bem como das características da sala.

7. Na entrada deve haver espaço suficiente para acomodar objectos

É justamente na entrada de uma casa ou apartamento que muitas coisas são guardadas. Para que não se torne uma trapalhada, vale a pena investir e pensar nas áreas especiais para acomodar coisas. Isso envolve colocar caixas, prateleiras, cestas, ganchos, bandejas e copos, entre outros. Todos são perfeitos para guardar várias coisas pequenas: chaves, óculos, escovas de sapato e afins. Com eles, o charme da casa e a ordem nas divisões estão garantidos.

8. Crie uma cadeia de cores em todas as divisões

Se em uma das divisões houver paredes de tom verde, coloque alguns objectos da mesma cor em outra divisão (por exemplo: móveis, lâmpadas, vasos ou mantas). Este truque permite unir todas as divisões da casa, fazendo com que o ambiente pareça um todo em seu conjunto.

9. Acrescente algumas almofadas decorativas

Talvez, o elemento mais importante para criar um ambiente aconchegante num apartamento sejam as almofadas. Elas, dependendo da sua forma e tamanho, podem ser colocadas em poltronas, no sofá ou no chão. Devem ser macias de modo que nos sintamos confortáveis nelas e nos apoiarmos. Não compre almofadas duras e volumosas porque elas podem destruir todo o encanto de qualquer sala de estar. Recorra sempre a uma regra simples: se a sala tiver um sofá ou uma poltrona, sempre deve ter almofadas.

Mais Dicas:

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.