Dicas para transportar o cão em segurança

Levar um cão numa viagem de carro pode ser um enorme desafio…

Para ajudar nessas situações, apresentamos aqui alguma dicas para transportar o seu melhor amigo em segurança nas suas viagem de carro.

Começar devagar

Prepare a viagem com antecedência. Deixe o animal explorar e familiarizar-se com o veículo aos poucos, ainda com o motor desligado. Pode pegá-lo ao colo ou tentar que o cão entre para dentro do carro aliciando-o com guloseimas. Pode por exemplo, para alimentá-lo no carro durante alguns dias, já que dessa forma o bicho irá formular associações positivas. Antes do início da viagem em si, passeie com ele, para que gaste energia acumulada e faça as necessidades.

Marcar território

Passear de carro é sinónimo de emoções fortes, como tal é importante manter uma boa rotina. Providencie um ambiente calmo e tranquilo ao cão, evitando ter o volume do rádio demasiado elevado e tenha em atenção a temperatura do carro. Na viagem leve objetos que o seu animal reconheça e associe a momentos positivos, para que se sinta em segurança, como por exemplo, um brinquedo ou uma manta. Adicionalmente, faça contato visual com o seu patudo de quando em quando durante a condução.

Proteger com segurança

Embora o Código da Estrada, classifique animais como ‘carga’, é imperativo que ao viajar com gatos e/ou cães, o seu transporte não prejudique a segurança e a condução, já que qualquer movimento súbito do seu bicho pode causar perigo ou um acidente. Segundo o Decreto-Lei nº 315/2003, o transporte de animais deve ser realizado em veículos e contentores adequados à espécie e ao número de animais a transportar relativamente ao espaço, ventilação e temperatura. Evite deixar o seu animal solto na deslocação, já que a multa pode variar entre os 60€ e os 600€.

Há três maneiras de transportar animais de estimação em automóveis:

  • Utilizar uma caixa transportadora. A caixa transportadora é a solução mais comum, além de proteger o animal durante a viagem, também o defende em caso de acidente.
  • Cinto de segurança para cães e/ou gatos. Pode ser uma boa opção no caso de viagens mais longas, evitando que bicho permaneça na caixa transportadora muito tempo.
  • Rede, grelha divisória ou grade para cães. Regra geral, fica colocada entre os bancos traseiros e o porta-bagagens, de modo a impedir que o patudo seja projetado para a frente.

Procurar locais para fazer uma pausa

Viagens demoradas de carro são extenuantes para os cães. Pausas curtas ao longo do percurso dão a possibilidade de se esticarem, correrem, brincarem e relaxarem.

Sair do carro

Recomenda-se que pare o carro pelo menos de duas em duas horas, assim o animal pode fazer as necessidades e resguardar-se da ansiedade gerada por estar muito tempo fechado no mesmo lugar. Não se esqueça da trela!

Preparar comida com moderação

Snacks pesados antes de um passeio de carro são uma péssima ideia. Pode dar algumas guloseimas ao seu patudo antes da viagem. Alguns animais de estimação ficam doentes no carro e – assim como as crianças – podem vomitar.

Stay cool

Se for ao café, por exemplo, não deixe o seu cão à espera no veículo com este calor. Alguns minutos num carro quente podem ser perigosos e ter as janelas abertas muitas vezes não é suficiente para manter o animal confortável e seguro. Leve o cão consigo.

Recompensa

Quando a viagem termina, dê uma recompensa ao seu animal de estimação, por ter chegado ao destino.

Fonte: noticiasaominuto.com


Mais Dicas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Inserir nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Redes Sociais

579,704FãsGosto
11,863SeguidoresSeguir
275,536SeguidoresSeguir
105SubscritoresSubscrever

Dicas Recentes

Publicidade

Top da Semana

Bolo de limão super fofinho prepara-se em 5 minutos

0
Este bolo de limão é muito fácil e rápido de fazer. Ingredientes: 2 limões inteiros ...

Bolo de mel café e canela