O que devemos e o que não devemos fazer em dias de muito frio!


Portugal e vários países da Europa estão com temperaturas um pouco mais baixas que o normal para altura, em muitos locais caíram grande nevões.

Em dias muitos frio é preciso ter certos cuidados, pois nestes dias sentimos maior desconforto térmico.

 A Direção-Geral da Saúde recomenda o que não deve e o que deve fazer nestes dias de frio intenso.

Em dias de frio intenso saiba o que DEVE e NÃO DEVE fazer, segundo recomendações da Direção-Geral da Saúde

O que NÃO DEVE fazer em duas de frio intenso segundo Direção-Geral da Saúde:

  • Não adormecer muito perto da fonte de calor;
  • Não utilizar fogão a gás, forno ou fogareiro a carvão para aquecer a casa.
  • Também não deve utilizar equipamentos de aquecimento de exterior em espaços interiores;
  • Não usar roupas demasiado justas que dificultem a circulação sanguínea;
  • Não andar descalço no chão frio ou molhado;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas que provocam vasodilatação com perda de calor e arrefecimento do corpo;
  • Não sair de casa com o bebé ou recém-nascido nos dias de frio intenso;

O que DEVE fazer em duas de frio intenso segundo Direção-Geral da Saúde:

  • Promover uma boa circulação de ar, não fechando completamente as divisões da casa, mas evitando as correntes de ar frio;
  • Evitar fazer exercício físico de esforço ao ar livre;
  • Se tiver de realizar trabalho de intensidade física, deve proteger-se com roupa adequada e dosear o esforço;
  • Procurar manter-se seco e evitar arrefecer com a roupa transpirada no corpo;
  • Evitar caminhar sobre o gelo devido ao risco de lesões por queda;
  • Evitar ir à rua nas horas do dia de frio mais intenso (de manhã cedo ou ao final do dia);
  • Manter a temperatura da sua casa entre os 18ºC e os 21ºC;
  • Usar várias camadas de roupa, em vez de uma única muito grossa;
  • Proteger as extremidades do corpo (com luvas, gorro, meias quentes e cachecol) e usar calçado adequado às condições meteorológicas;
  • Fazer refeições mais frequentes encurtando as horas entre elas;
  • Preferir sopas e a bebidas quentes, como leite ou chá;
  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em vitaminas, sais minerais e antioxidantes (por exemplo, frutos e hortícolas), pois contribuem para minimizar o aparecimento de infeções.
Fonte: http://visao.sapo.pt
Faça gosto na nossa página de facebook:


Vai Gostar De Ver: